FURACÃO LESLIE - SINISTROS

TEMPESTADE LESLIE - DADOS PROVISÓRIOS DO SETOR SEGURADOR

20 MIL SINISTROS PARTICIPADOS COM UM CUSTO ESTIMADO DE 45 MILHÕES DE EUROS


Lisboa, 23 outubro de 2018 - A Associação Portuguesa de Seguradores (APS) tem vindo, como é habitual, a proceder ao apuramento dos danos cobertos por contratos de seguro, na sequência da tempestade Leslie, que assolou Portugal há duas semanas.

De acordo com o inquérito promovido pela APS junto das empresas de seguros suas associadas, sobre os sinistros participados em consequência do Furacão Leslie, regista-se, até ao momento, a participação de quase 20.000 sinistros cobertos por apólices de seguros, a que corresponde um valor agregado de danos (pagos e provisionados) superior a 45 milhões de euros.

Relativamente aos sinistros participados, a maior parte dos prejuízos diz respeito a seguros de habitações (19.353.314€) e a seguros de atividades comerciais e industriais (20.771.958€).

Relativamente aos veículos com cobertura de danos próprios, mais de 1000 viaturas sofreram danos causados pela tempestade.

Os dados reportados dizem respeito a sinistros já peritados e quantificados. Atendendo ao elevado número de incidências, os trabalhos de peritagem prosseguem no terreno, admitindo-se que estes dados venham a subir na próxima atualização de informação.

ACERCA DA APS

A Associação Portuguesa de Seguradores é uma associação sem fins lucrativos, constituída nos termos da lei para defesa e promoção dos interesses das empresas de seguros e resseguros. O conjunto dos Associados da APS representa atualmente mais de 99% do mercado segurador, quer em volume de negócios, quer em efetivos totais empregados.

MORADA | CONTACTOS

APS | Associação Portuguesa de Seguradores
-
Rua Rodrigo da Fonseca, 41
1250-190 Lisboa
T. 213 848 100
F. 213 831 422
-
aps@apseguradores.pt
www.apseguradores.pt

ENVIE UMA MENSAGEM

Clique para listar as tarefas