APSBREVE  |  
#120
newsletter digital|21 dezembro 2017
ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE SEGURADORES
 
    
  Notícias

APS E PLANO NACIONAL DE LEITURA ASSINAM PROTOCOLO PARA PROMOÇÃO DA LITERACIA FINANCEIRA

O Plano Nacional de Leitura 2027 e a Associação Portuguesa de Seguradores assinaram um protocolo, que tem por objetivo estabelecer a cooperação entre as duas partes na promoção de ações de literacia financeira em contexto escolar, relativas à atividade seguradora.

A Sessão de assinatura deste protocolo, que conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República, realizou-se no passado dia 21 de novembro, no Hotel Tryp Lisboa Caparica Mar, na Costa da Caparica e contou com as intervenções do Secretário de Estado da Educação, João Costa; da Subcomissária do Plano Nacional de Leitura, Elsa Conde; de José Galamba de Oliveira, Presidente da Associação Portuguesa de Seguradores e das escritoras Isabel Alçada e Ana Maria Magalhães, autoras da coleção Seguros e Cidadania, livros infanto-juvenis que promovem o tema do risco e do seguro junto dos jovens.

As ações a desenvolver irão abranger um conjunto representativo dos estabelecimentos do ensino básico e secundário, da rede pública e privada. Ao longo do próximo ano, a APS e o PNL irão definir as ações concretas a desenvolver no âmbito deste protocolo e que passarão pela utilização daqueles livros didáticos e por ações de formação específicas nas escolas.

De acordo com José Galamba de Oliveira, Presidente da Associação Portuguesa de Seguradores, "Este projeto reveste-se de grande importância, num momento em que vivemos tempos onde uma maior consciência dos perigos, a adoção de boas práticas e de medidas de prevenção, assim como o conhecimento dos instrumentos que estão à nossa disposição para nos protegermos -- como é o caso dos seguros -- podem minimizar perdas e prevenir danos, muitas vezes irreversíveis nas vidas de todos nós."

No 2.º inquérito à literacia financeira dos portugueses, divulgado recentemente, quase 30% dos portugueses não têm um seguro; a maior parte dos que têm seguros contratam-nos para cumprimento de uma obrigação legal e mais de 50% não conseguem identificar, corretamente, conceitos habituais dos contratos de seguro, como sejam a franquia ou a relação desta com o preço do seguro.


© 2019 Associação Portuguesa de Seguradores
Clique para listar as tarefas